A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Fim à vista para impasse sobre exéquias fúnebres de Jonas Savimbi

Fim à vista para impasse sobre exéquias fúnebres de Jonas Savimbi
Direitos de autor
Lusa - AMPE ROGÉRIO
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A fim de encerrar o impasse entre a Unita e o executivo Angolano, que paira sobre a entrega dos restos mortais do presidente fundador da Unita Jonas Malheiro Savimbi, o Presidente da República de Angola João Lourenço, recebeu esta quinta-feira em audiência, uma delegação da UNITA, encabeçada pelo seu presidente Isaías Samakuva, e membros da família do seu fundador.

De acordo com uma nota da Casa Civil do presidente da República de Angola, ficou acordado entre ambas as partes, que a entrega à Família e à direção da UNITA da urna com os restos mortais do fundador da formação do Galo Negro acontecerá a 31 de maio, na vila do Andulo, província do Bié. E no dia seguinte, sábado um de junho, far-se-á o funeral na localidade de Lopitanga.

O impasse teve origem na última terça-feira quando o Governo angolano depositou, os restos mortais de Jonas Savimbi numa unidade militar, no município do Andulo, alegando que a família do líder do partido do Galo Negro recusou a sua receção, enquanto a direção da Unita e familiares do seu fundador acusavam o governo angolano de agir à revelia.