EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Fim à vista para impasse sobre exéquias fúnebres de Jonas Savimbi

Fim à vista para impasse sobre exéquias fúnebres de Jonas Savimbi
Direitos de autor LusaAMPE ROGÉRIO
Direitos de autor Lusa
De  Neusa Silva
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

João Lourenço recebeu família e membros da UNITA um dia antes do funeral de Jonas Savimbi.

PUBLICIDADE

A fim de encerrar o impasse entre a Unita e o executivo Angolano, que paira sobre a entrega dos restos mortais do presidente fundador da Unita Jonas Malheiro Savimbi, o Presidente da República de Angola João Lourenço, recebeu esta quinta-feira em audiência, uma delegação da UNITA, encabeçada pelo seu presidente Isaías Samakuva, e membros da família do seu fundador.

De acordo com uma nota da Casa Civil do presidente da República de Angola, ficou acordado entre ambas as partes, que a entrega à Família e à direção da UNITA da urna com os restos mortais do fundador da formação do Galo Negro acontecerá a 31 de maio, na vila do Andulo, província do Bié. E no dia seguinte, sábado um de junho, far-se-á o funeral na localidade de Lopitanga.

O impasse teve origem na última terça-feira quando o Governo angolano depositou, os restos mortais de Jonas Savimbi numa unidade militar, no município do Andulo, alegando que a família do líder do partido do Galo Negro recusou a sua receção, enquanto a direção da Unita e familiares do seu fundador acusavam o governo angolano de agir à revelia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Restos mortais de Jonas Savimbi já repousam em Lopitanga

Polémica sobre exéquias fúnebres de Jonas Savimbi

Testes de ADN confirmam restos mortais de Jonas Savimbi