Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Etiópia lidera ofensiva diplomática no Sudão

Etiópia lidera ofensiva diplomática no Sudão
Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro etíope, Abiy Ahmed, já se encontra na capital do Sudão, Cartum, num esforço de mediação entre os militares do Conselho de Transição e líderes da oposição.

A deslocação segue-se ao anúncio na quinta-feira da suspensão do Sudão do Conselho de Paz e Segurança da União Africana reunido na capital etíope.

Nas Nações Unidas em Nova Iorque, o embaixador sul-africano condenou os confrontos de segunda-feira passada que resultaram na morte de pelo menos 46 pessoas.

"Condenamos e lamentamos a trágica e injustificada perda de vidas e recordamos às autoridades de transição no Sudão da obrigação que lhes cabe de proteger os civis e os seus direitos", afirmou o embaixador sul-africano nas Nações Unidas em Nova Iorque, Jerry Matthews Matjila.

As forças militares especiais são lideradas pelo vice-chefe do Conselho Militar, General Mohamed Dagalo, acusado de envolvimento em massacres na região de Darfur desde 2003.

O conselho militar sudanês justificou o ataque de segunda-feira como uma operação policial contra criminosos que se encontravam numa área adjacente ao campo onde decorriam as manifestações pró-democracia.