Última hora

Qu Dongyu eleito diretor-geral da FAO

Qu Dongyu eleito diretor-geral da FAO
Tamanho do texto Aa Aa

O vice-ministro chinês da Agricultura, Qu Dongyu, vai substituir o brasileiro José Graziano da Silva à frente da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação.

Com 108 votos, o novo diretor-geral da FAO, com sede em Roma, conseguiu obter a maioria absoluta na primeira volta da votação.

"Hoje é o nosso dia. Os países-membros fizeram um novo ponto de partida da história. Hoje é o nosso dia, para marchar pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030", sublinhou o diretor-geral eleito da FAO.

Davit Kirvalidze, ex-ministro georgiano da Agricultura, ficou longe da maioria, com apenas 12 votos. A candidata francesa e da União Europeia, Catherine Geslain-Lanéelle, reuniu 72 votos.

O futuro diretor-geral da FAO prometeu "fazer tudo para ser imparcial e neutro."

Durante a campanha, disse que iria concentrar-se na erradicação da fome em zonas pobres, modernizar a agricultura em zonas tropicais e secas, promover a digitalização e inovações nos modelos de cooperação.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.