Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

May diz a Putin que Rússia tem de pôr fim a atos de "destabilização"

May diz a Putin que Rússia tem de pôr fim a atos de "destabilização"
Direitos de autor
Pool via REUTERS
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Frieza, num ambiente de "cortar à faca", será uma forma adequada de descrever o encontro bilateral entre a primeira-ministra britânica e o presidente russo à margem da cimeira do G20 em Osaka, no Japão.

Theresa May deixou um aviso claro a Vladimir Putin: "não poderá haver uma normalização das relações bilaterais, enquanto a Rússia não parar com as atividades irresponsáveis de destabilização que ameaçam o Reino Unido e os seus aliados".

Tratou-se do primeiro encontro entre os dois líderes desde o envenenamento, no ano passado, do ex-espião russo Sergei Skripal, na cidade britânica de Salisbury.

May reiterou que Londres tem provas "inquestionáveis" do envolvimento da Rússia no incidente, que classificou como um "comportamento inaceitável" e um ato "desprezível".