Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Ataque aéreo a centro de migrantes faz pelo menos 44 mortos

Ataque aéreo a centro de migrantes faz pelo menos 44 mortos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Um ataque aéreo a um centro de detenção de migrantes em Tajoura, nos arredores de Tripoli, na Líbia, causou na última noite a morte a pelo menos 44 pessoas, informaram esta quarta-feira as Nações Unidas.

Segundo o Ministério líbio da Saúde, o ataque deixou ainda um rasto de cerca de 80 feridos. Um balanço anterior das autoridades apontava para 10 mortos e 50 feridos.

O Governo de Acordo Nacional, estabelecido em 2015 e reconhecido pela comunidade internacional, já apontou a autoria deste ato ao Exército Nacional Líbio (ENL).

As tropas do Marechal Khalifa Haftar detêm o controlo do leste da Líbia e têm conduzido nos derradeiros meses uma ofensiva contra o governo de Tripoli.

O ataque a este centro de detenção é só o episódio mais recente de uma nação mergulhada no caos desde o afastamento de Muammar Khaddafi, em 2011.

O país é uma das principais portas dos migrantes africanos para tentar chegar à Europa e nos últimos anos disparou o número destes centros de detenção.