A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Danificar 'court' de Wimbledon sai caro a Serena Williams

Danificar 'court' de Wimbledon sai caro a Serena Williams
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Serena Williams foi multada esta terça-feira em 10 mil dólares pelo All England Club, que acolhe a organização do torneio de ténis de Wimbledon, por danificar um dos relvados dos 'courts' onde decorre o terceiro Grand Slam da temporada.

A tenista norte-americana ainda não fez qualquer comentário à sanção.

No entanto, Serena Williams, atual décima classificada do ranking mundial, não se deixou afetar pela punição e garantiu o apuramento para as meias-finais do torneio, ao bater a compatriota Alison Riske (55ª da hierarquia) em três 'sets', com os parciais de 6-4, 4-6 e 6-3, ao fim de duas horas e três minutos.

Com a ambição de chegar ao título número 24 do Grand Slam, a antiga número um mundial está a duas vitórias de alcançar o oitavo triunfo em Wimbledon, mas para tal será necessário ultrapassar Barbara Strycova nas 'meias'.

A tenista checa derrotou no embate dos quartos de final a britânica Johanna Konta em apenas dois 'sets' (7-6 e 6-1).

Quanto aos restantes embates do quadro feminino, a romena Simona Halep e a ucraniana Elena Svitolina marcaram igualmente encontro nas meias-finais. A tenista romena bateu a chinesa Shuai Zhang (7-6 e 6-1), enquanto a ucraniana ganhou à checa Karolina Muchova (7-5 e 6-4).

Paralelamente, a 'mão pesada' do All England Club caiu também sobre o australiano Nick Kyrgios. O polémico e irreverente tenista foi punido com uma multa de 8 mil dólares. Em causa esteve a sua conduta antidesportiva nas duas primeiras rondas do torneio.

Kyrgios disse adeus a Wimbledon logo na segunda ronda, ao ser eliminado pelo espanhol Rafael Nadal.