A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Eurogrupo "aconselha" Grécia

Eurogrupo "aconselha" Grécia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Novo governo, velhas exigências. Os credores da dívida grega alertaram o recém-eleito primeiro-ministro grego de que os compromissos devem ser respeitados, em particular na política de austeridade dos últimos anos.

Kyriakos Mitsotakis prometeu renegociar a dívida grega e cortar nos impostos. A resposta surgiu do presidente do Eurogrupo Mário Centeno.

"Compromissos são compromissos e se nós não os respeitarmos, a credibilidade é a primeira coisa a ser destruída e isso traz falta de confiança, investimento e no final do dia, crescimento. O meu conselho é: mantenham os compromissos, explicou Mário Centeno.

O diretor do mecanismo de estabilidade europeu, Klaus Regling, sublinhou outras preocupações.

"Estamos inquietos em relação algumas das decisões tomadas nos últimos dois meses que foram também adotadas no parlamento por todos os grandes partidos porque algumas destas decisões não são boas para o crescimento... Recuar nalgumas reformas, não usar todo o orçamento do investimento público", confessou Regling.

A Grécia concluiu o terceiro resgate consecutivo no último verão - programas que permitiram evitar a falência do país e mantê-lo na zona euro mas com um preço: aumento da pobreza e do desemprego.