A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Terceira etapa do Rali Rota da Seda: Paulo Gonçalves sofre queda e Yazeed Al-Rajhi abandona

Terceira etapa do Rali Rota da Seda: Paulo Gonçalves sofre queda e Yazeed Al-Rajhi abandona
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Rali Rota da Seda, segunda prova do Mundial de todo-o-terreno, entrou na Mongólia. A terceira etapa, de 243km, foi um percurso de colinas, subidas íngremes e leitos fluviais complicados.

Motocicletas: dia de percalços

Em motocicletas, o argentino Kevin Benavides (Honda), venceu a sua segunda etapa do rali, subindo na classificação geral.

O dia foi rico em incidentes, com destaque para o do português Paulo Gonçalves (Hero Motorsports Team Rally), que caíu num buraco de dois metros, de onde felizmente foi resgatado.

O piloto de Esposende concluiu a terceira etapa na décima posição, a 8.09 minutos do argentino, descendo do terceiro para quinto na classificação geral.

"A entrada na Mongólia não correu como eu desejaria porque logo ao quilómetro três a mota escorregou à saída de uma curva e acabou por cair dentro de uma vala. Perdi imenso tempo para regressar à corrida. O dia acabou sem problemas de maior, mas perdi bastante tempo e passei de terceiro para quinto da geral."
Paulo Gonçalves, em declarações aos media portugueses

Xavier de Soultrait (Yamaha Rally Team), que tinha abandonado ontem devido a problemas técnicos, tenciona regressar à corrida na quarta etapa depois da equipa da Yamaha reparar a sua máquina.

Carros: dia de surpresas

Em carros, Nasser Al-Attiyah (Toyota Gazoo Racing Overdrive) continua imparável. Um furo sofrido no percurso atrasou-o apenas 70 segundos e o piloto venceu tranquilo mais uma etapa. A sua onda de vitórias coloca-o a uma margem confortável de vantagem na classificação geral.

O russo Denis Krotov conseguiu na etapa de hoje o seu melhor resultado, terminando em segundo, atrás do qatari.

Naquela que foi a surpresa do dia, o campeão do ano passado Yazeed Al-Rajhi (Toyota Gazoo Racing) abandonou a prova depois de uma falha no motor do seu Toyota durante a segunda etapa, que não pôde ser reparada.

Camiões: mais do mesmo

Em camiões, o trio vencedor permanece o mesmo: Andrey Karginov e Anton Shibalov, da KAMAZ e Siarhey Viazovich da MAZ, que continua a liderar na classificação geral.

A próxima etapa será um percurso de 470 km, a mais longa até ao momento, ao redor da região de Ulan Bator, capital da Mongólia.