Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Terceira etapa do Rali Rota da Seda: Paulo Gonçalves sofre queda e Yazeed Al-Rajhi abandona

Terceira etapa do Rali Rota da Seda: Paulo Gonçalves sofre queda e Yazeed Al-Rajhi abandona
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Rali Rota da Seda, segunda prova do Mundial de todo-o-terreno, entrou na Mongólia. A terceira etapa, de 243km, foi um percurso de colinas, subidas íngremes e leitos fluviais complicados.

Motocicletas: dia de percalços

Em motocicletas, o argentino Kevin Benavides (Honda), venceu a sua segunda etapa do rali, subindo na classificação geral.

O dia foi rico em incidentes, com destaque para o do português Paulo Gonçalves (Hero Motorsports Team Rally), que caíu num buraco de dois metros, de onde felizmente foi resgatado.

O piloto de Esposende concluiu a terceira etapa na décima posição, a 8.09 minutos do argentino, descendo do terceiro para quinto na classificação geral.

"A entrada na Mongólia não correu como eu desejaria porque logo ao quilómetro três a mota escorregou à saída de uma curva e acabou por cair dentro de uma vala. Perdi imenso tempo para regressar à corrida. O dia acabou sem problemas de maior, mas perdi bastante tempo e passei de terceiro para quinto da geral."
Paulo Gonçalves, em declarações aos media portugueses

Xavier de Soultrait (Yamaha Rally Team), que tinha abandonado ontem devido a problemas técnicos, tenciona regressar à corrida na quarta etapa depois da equipa da Yamaha reparar a sua máquina.

Carros: dia de surpresas

Em carros, Nasser Al-Attiyah (Toyota Gazoo Racing Overdrive) continua imparável. Um furo sofrido no percurso atrasou-o apenas 70 segundos e o piloto venceu tranquilo mais uma etapa. A sua onda de vitórias coloca-o a uma margem confortável de vantagem na classificação geral.

O russo Denis Krotov conseguiu na etapa de hoje o seu melhor resultado, terminando em segundo, atrás do qatari.

Naquela que foi a surpresa do dia, o campeão do ano passado Yazeed Al-Rajhi (Toyota Gazoo Racing) abandonou a prova depois de uma falha no motor do seu Toyota durante a segunda etapa, que não pôde ser reparada.

Camiões: mais do mesmo

Em camiões, o trio vencedor permanece o mesmo: Andrey Karginov e Anton Shibalov, da KAMAZ e Siarhey Viazovich da MAZ, que continua a liderar na classificação geral.

A próxima etapa será um percurso de 470 km, a mais longa até ao momento, ao redor da região de Ulan Bator, capital da Mongólia.