Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Merkel garante estar "bem" após nova crise de tremores

Merkel garante estar "bem" após nova crise de tremores
Direitos de autor
REUTERS/HANNIBAL HANSCHKE
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A chanceler alemã, Angela Merkel, sofreu esta quara-feira uma nova crise de tremores em público durante uma cerimónia oficial, o terceiro incidente deste tipo em menos de um mês.

Na receção ao primeiro-ministro da Finlândia, Antti Rutte, em Berlim, a chanceler alemã não conseguiu controlar os tremores enquanto estava parada. Só quando voltou a caminhar é que os tremores - menos intensos do que nas anteriores crises - acabaram por passar.

A poucos dias de completar 65 anos, a chefe do Executivo germânico foi novamente confrontada pelos jornalistas sobre o seu estado de saúde e garantiu que não há razão para alarme.

"Eu estou bem. Disse no outro dia que estou atualmente numa fase de melhoria, após as cerimónias militares ao lado do presidente Zelenskiy. Aparentemente, este processo ainda não terminou, mas há progressos. Tenho de viver com isto durante algum tempo, mas estou muito bem. As pessoas não precisam de se preocupar comigo", frisou.

O último episódio de tremores tinha acontecido a 27 de junho, numa cerimónia em Berlim com o presidente alemão Frank-Walter Steinmeier.

Já a 18 de junho, num encontro com o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenski, a chanceler não escondeu o mal estar. Angeler Merkel veio depois justificar a situação com as altas temperaturas que se faziam sentir nesse dia e um estado de desidratação.

No entanto, as preocupações e dúvidas crescem sobre os tremores de Merkel. Apesar das garantias deixadas pela chanceler de que está tudo bem, a especulação e os rumores ganham força.

Simultaneamente, porém, também há vozes que dizem que a saúde de Merkel é um assunto privado e pelo qual o público não se deveria interessar.