A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Dia 2 GP de Budapeste: triunfo para quatro nações e portugueses caem nas primeiras rondas

Dia 2 GP de Budapeste: triunfo para quatro nações e portugueses caem nas primeiras rondas
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

No Grande Prémio de Budapeste o Judo está a dar o exemplo, recebendo a nova Equipa Olímpica de Refugiados em plena competição junto aos melhores judocas do mundo. Um exemplo para outras modalidades desportivas.

As quatro medalhas de ouro de hoje foram para quatro países diferentes: Japão (-63kg) e Reino Unido (-70kg) em femininos, Kosovo (-73kg) e Geórgia (-81kg), em masculinos.

A Mulher do Dia

A britânica Gemma Howell revelou-se a nossa mulher do dia numa final contra a espanhola Maria Bernabeu que foi um duelo de experiência em -70kg. Este foi o terceiro encontro entre as duas judocas e a britânica levou a melhor, vencendo por ippon em 40 segundos e conquistando a sua primeira medalha de ouro na prova.

Gemma Howell and Maria Bernabeu na final.

A britânica foi condecorada pelo vice-presidente da Federação Internacional de Judo, Sergey Soloveichik.

“Ainda estou em choque, é claro que entramos em qualquer competição para tentar vencer, mas nunca pensei que podia ganhar. Dois anos depois do Campeonato do Mundo aqui em Budapeste, que não me correu bem, foi bom regressar a este ótimo estádio e ter um bom resultado.”
Gemma Howell

O Homem do Dia

O nosso homem do dia foi Akil Gjakova, do Kosovo, que deu, nos preliminares da categoria de -73kg, uma lição de técnicas Ashi Waza aos seus adversários, incluíndo um golpe-relâmpago de perna, De Ashi Barai, contra o japonês Ebinuma Masashi.

Na final, o atleta denfrentou Georgii Elbakiev, demonstrando mais uma vez aos adeptos presentes a sua especialidade e derrubando não uma, mas sim duas vezes, o adversário russo. Este é o seu segundo título num Grande Prémio.

Akil Gjakova
“Tive um bom pressentimento e senti-me motivado. Treinamos muito em golpes de perna, por isso a vitória não me surpreendeu. Mas estou feliz por estar de volta na minha melhor forma.”
Akil Gjakova

O kosovar recebeu a medalha das mãos do presidente da Associação dos Comités Olímpicos Nacionais da África, Mustapha Berraf.

O prodígio georgiano

Avançando sem problemas até à última final do dia, a de -81kg, o prodígio georgiano de 19 anos de idade Tato Grigalashvili revelou maturidade no combate com o brasileiro João Macedo e mostrou-se pronto para reivindicar o seu primeiro título ao mais alto nível.

Mais ouro para o Japão

O país onde tudo começou reivindicou a sua terceira medalha de ouro na competição, graças à nipónica Masako Doi, que derrotou na final de -63kg, a brasileira medalhista olímpica Ketleyn Quadros.

Simon Attila, director da fábrica húngara de porcelanas Herend, condecorou a judoca.

O Movimento do Dia

O movimento do dia foi o audacioso lance Tomoe Nage, com que a mexicana Prisca Awiti Alcaraz apanhou de surpresa e venceu a chinesa Jing Tang, na categoria de -63kg.

O Momento do Dia

O nosso momento do dia foi o da vitória do heroí a competir em casa Atilla Ungvari sobre o austríaco Shamil Borchashvili, que levou o público ao rubro e lhe valeu uma medalha de bronze para a Hungria.

A seleção portuguesa

Os quatro judocas portugueses em prova este sábado foram todos afastados nas primeiras rondas.

Anri Egutidze e Bárbara Timo tiveram a melhor exibição.

Em -81 kg, Egutidze superou o brasileiro Leandro Guilheiro e o ucraniano Bohdan Zusko, ambos por ippon mas perdeu no terceiro combate frente a Tato Grigalashvili, também por ippon.

Bárbara Timo bateu na categoria de -70 kg a canadiana Emily Burt, por ippon, perdendo na terceira ronda com a brasileira Maria Portela, por Waza-ari.

Em -73 kg, Nuno Saraiva perdeu, por ippon, frente ao azeri Telman Valyiev, enquanto Jorge Fernandes caiu diante do cubano Magdiel Estrada, por Waza-ari, ambos ao primeiro combate.

No domingo, último dia da prova, entram em ação Jorge Fonseca (-100 kg), Patrícia Sampaio (-78 kg), Yahima Ramirez (-78 kg) e Rochele Nunes (+78 kg).