A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Grand Slam de Baku: Catarina Costa conquista a medalha de bronze

Grand Slam de Baku: Catarina Costa conquista a medalha de bronze
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Teve início mais um Grand Slam de Judo no Azerbaijão, a Terra do Fogo. A ter lugar na cidade de Baku, a competição conta com a participação de 431 judocas de 57 países.

Portugal começou bem, com Catarina Costa a arrebatar a medalha de bronze na categoria de -48kg após derrotar a judoca brasileira Gabriela Chibana.

Um momento do combate entre Catarina Costa e Gabriela Chibana

Nas meias-finais, a atual 16.ª do ranking da categoria perdeu com a número dois espanhola Laura Martínez Abelenda.

Também em -48kg, Maria Siderot, 31.ª do ranking, terminou no quinto lugar. Nas meias-finais, a judoca perdeu com Júlia Figueroa (15.ª) e com Milica Nikolic.

Telma Monteiro, a competir na categoria de -57kg, terminou em sétimo lugar.

A Mulher do Dia

A Espanha teve hoje um dia inesquecível, com a final dos -48kg a ser disputada entre Laura Martínez Abelenda e a campeã espanhola Júlia Figueroa. Uma final curta que culminou na vitória, com um poderoso Osoto gari, de Laura Martínez Abelenda, nossa mulher do dia .

Esta foi a sua primeira medalha de ouro num Grand Slam.

A judoca foi premiada pelo Presidente do Fundo Internacional de Judo Arkady Rotenberg.

A vencedora em -48kg Laura Martínez Abelenda

"O primeiro ataque foi difícil para mim, a Júlia dominou o Kumi Kata. Mas no segundo ou terceiro, não me recordo exatamente, consegui pegar-lhe pelo braço esquerdo e executei o Osoto gari,” comentou Laura Martínez Abelenda sobre a final.

O Homem do Dia

O nosso homem do dia foi Denis Vieru. Na final de -66kg, o judoca defrentou o favorito a competir em casa Nijat Shikhalizada, e silenciou os muitos fãs presentes com um superlativo arremesso para Ippon. Este é o segundo título de Grand Slam da Moldávia este ano e no próximo Campeonato do Mundo Denis Vieru é certamente um nome a não esquecer.

O vencedor em -66kg Denis Vieru

"O combate da final foi interessante e encontrei o momento certo para o contra-ataque. Talvez tenha tido um pouco de sorte, mas aproveitei esse momento de forma decisiva para a pontuação final," afirmou Denis Vieru.

As restantes categorias em prova

Na final de -60kg, o judoca da Geórgia Temur Nozadze lutou frente ao brasileiro Felipe Kitadai. O combate foi angustiante mas o brasileiro revelou o seu domínio conseguindo levantar e lançar o georgiano, para um fantástico Ippon. Uma grande demonstração de persistência, motivação e força. Felipe Kitadai transbordava alegria ao conquistar a que foi também a sua primeira medalha de ouro num Grand Slam.

Em -57kg, a atual campeã do mundo Tsukasa Yoshida lutou de forma incrível na final frente à brasileira atual campeã olímpica Rafaela Silva, mas esta última acabou por prevalecer nos últimos segundos do combate.

Em -52kg, a francesa Amandine Buchard derrotou na final a nipónica Ai Shishime.

O Movimento do Dia

O nosso movimento do dia coube ao medalhista de prata na categoria de -66kg, Nijat Shikhalizada, que levou o público da casa ao rubro ao lançar pelo ar Baskhuu Yondonperenlei da Mongólia, com um colossal arremesso de quadril. Uma demonstração da força e da paixão do Azerbaijão, e um bom sinal do que está por vir nos próximos dois dias de Judo.

O colossal arremesso de quadril de Nijat Shikhalizada

A seleção portuguesa em Baku

Para além de Catarina Costa, Maria Siderot e Telma Monteiro, estiveram também hoje em prova os judocas Joana Ramos, em -52kg, e João Crisóstomo, em -66kg.

Até à conclusão do Grand Slam no domingo estarão ainda em prova: Nuno Saraiva (-73kg), Anri Egutidze (-81kg), Jorge Fonseca (-100kg), Bárbara Timo (-70kg), Yahima Ramírez (-78kg) e Rochele Nunes (+78kg).