A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Paulo Gonçalves em terceiro lugar na oitava etapa do rali Rota da Seda

Paulo Gonçalves em terceiro lugar na oitava etapa do rali Rota da Seda
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Paulo Gonçalves conquistou hoje a terceira posição na 8ª etapa do Rali Rota da Seda, a 3m05s do vencedor da etapa Kevin Benavides.

Depois de algum descanso no sábado, em que os pilotos não cumpriram qualquer especial cronometrada, a 8ª etapa incluíu, no domingo, um percurso de 327 quilómetros cronometrados entre Bayinbaolige e Alashan, na China.

Trata-se da etapa mais longa do rali, com uma distância total de 786 quilómetros, e também da mais exigente, com uma gama variada de superfícies, começando com 30% de dunas e 10% de areia e culminando com 25% de pedra e, por fim, 35% de terra, através de ravinas e estepe.

Recorde-se que uma avaria na sua Hero na sexta etapa da prova deixou o piloto de Esposende apeado, atrasando-o irremediavelmente na classificação geral da prova de todo-o-terreno.

O britânico Sam Sunderland (KTM) caíu da sua moto. Problemas no seu GPS, e no de Kevin Benavides (Honda) atrasaram a actualização dos resultados. Ao km 242, no terceiro ponto de paragem, Kevin Benavides estava na liderança, que manteve até ao fim, seguido do françês Adrien Van Beveren (Yamaha).

Na classificação geral, o argentino sobe para o 3º lugar, a 25 minutos do líder Sam Sunderland, e o seu irmão mais novo, Luciano Benavides (KTM), assume o 2º lugar, detido até agora pelo espanhol Oriol Mena (Hero), 21 minutos atrás do britânico.

Problemas para a MAZ em camiões

Nos camiões, o MAZ que detinha a liderança, pilotado por Siarhey Vyazovich, capotou. A tripulação, que ficou ilesa, conseguiu virar o camião e fez mais 200 metros de caminho mas, dado o estado do veículo, decidiu regressar ao ponto de partida. O russo Anton Shibalov, da KAMAZ, venceu a etapa.

Andrey Karginov, da KAMAZ, também perdeu 10 minutos entre o segundo e o terceiro ponto de paragem e, de acordo com as coordenadas do GPS, o holandês Maarten Van Den Brink parou a meio da etapa.

Sete vitórias em sete etapas para Nasser Al-Attiyah

Nos carros, Nasser Al-Attiyah (Toyota) conquistou mais uma vitória, seguido pelo holandês Eric Van Loon (Toyota Overdrive) e o françês Mathieu Serradori (SRT), que terminou em terceiro.

O françês Jérôme Pélichet (Raid Lynx) terminou a etapa em 5º, roubando o segundo lugar na geral ao chinês Kun Liu (Shanxi Yunxiang Qimosport), que ficou hoje para trás, e o chinês Wei Han (Geely Auto Shell) subiu para terceiro.

A nona etapa de amanhã, entre Alashan e Jiayuguan, é um percurso total de 501km.