Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Rali Rota da Seda: o regresso da KAMAZ e Paulo Gonçalves 3.º em motocicletas

Rali Rota da Seda: o regresso da KAMAZ e Paulo Gonçalves 3.º em motocicletas
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Paulo Gonçalves (HERO MOTOSPORTS Team Rally) concluíu hoje a quinta etapa do Rali Rota da Seda na terceira posição e subiu ao quarto lugar da classificação geral da prova todo-o-terreno.

O português gastou mais 2m47s do que o vencedor da etapa, o britânico Sam Sunderland (RED BULL KTM Factory Racing), para completar os 337km, ao longo dos famosos trilhos de pedras e terra da Mongólia.

“Cheguei sem problemas, a moto esteve bastante bem ao longo destes 800 quilómetros sem assistência. Hoje consegui encontrar um bom ritmo na pista, que é muito rápida, com uma média acima dos 100 km/hora. Consegui o terceiro lugar na etapa e subi algumas posições na geral.”
Paulo Gonçalves

As motos completaram hoje a segunda fase da etapa especial de maratona.

Com o resultado de hoje, Paulo Gonçalves subiu ao quarto lugar da geral, a 21m10s de Sam Sunderland, que lidera a prova.

Sam Sunderland completou as duas fases da etapa especial de maratona na liderança e sem quaisquer percalços.

Joan Barreda (Monster Energy Honda Team), que começou hoje como terceiro classificado, teve um acidente com a sua Honda no quilómetro 122 ao tentar ultrapassar o argentino Luciano Benavides (RED BULL KTM Factory Racing). Apesar de grande parte do seu equipamento de navegação ficar completamente destruído, o espanhol conseguiu terminar a etapa, ao fim de três horas.

Domínio supremo da Toyota

Em carros, Nasser Al-Attiyah (Toyota Gazoo) alcançou mais uma espetacular vitória, seguido do françês Mathieu Serradori (SRT Team), a 3m07s. O holandês segundo classificado da etapa de ontem, Eric Van Loon, teve que trocar uma roda que lhe custou tempo precioso terminando em terceiro. Na geral, Nasser Al-Attiyah continua na liderança, seguido do chinês Kun Liu (Shanxi Yunxiang Qimosport).

O regresso da KAMAZ

A KAMAZ regressou para ganhar a dobrar. O russo Andrey Karginov venceu hoje a etapa em camiões, seguido do compatriota Anton Shibalov.

O buggy pilotado pelo chinês Ping Sun (Shanxi Yunxiang Club) não permitiu a ultrapassagem ao camião de Airat Mardeev (KAMAZ) durante 60 quilômetros de percurso, e o russo terminou a etapa na quarta posição.

Um problema na pressão de uma roda atrasou o camião da MAZ do bielorusso Siarhey Viazovich, que continua no entanto a liderar na classificação geral.

Por sua vez, o colega de equipa Aleksei Vishnevsky perdeu um silenciador ao longo do caminho, terminando em sétimo.

Amanhã, sexta-feira, os pilotos enfrentam a sexta etapa, das dez previstas, entre Mandalgovi e Dalanzadgad, um percurso total de 411,75km.