A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Rali Rota da Seda: o regresso da KAMAZ e Paulo Gonçalves 3.º em motocicletas

Rali Rota da Seda: o regresso da KAMAZ e Paulo Gonçalves 3.º em motocicletas
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Paulo Gonçalves (HERO MOTOSPORTS Team Rally) concluíu hoje a quinta etapa do Rali Rota da Seda na terceira posição e subiu ao quarto lugar da classificação geral da prova todo-o-terreno.

O português gastou mais 2m47s do que o vencedor da etapa, o britânico Sam Sunderland (RED BULL KTM Factory Racing), para completar os 337km, ao longo dos famosos trilhos de pedras e terra da Mongólia.

“Cheguei sem problemas, a moto esteve bastante bem ao longo destes 800 quilómetros sem assistência. Hoje consegui encontrar um bom ritmo na pista, que é muito rápida, com uma média acima dos 100 km/hora. Consegui o terceiro lugar na etapa e subi algumas posições na geral.”
Paulo Gonçalves

As motos completaram hoje a segunda fase da etapa especial de maratona.

Com o resultado de hoje, Paulo Gonçalves subiu ao quarto lugar da geral, a 21m10s de Sam Sunderland, que lidera a prova.

Sam Sunderland completou as duas fases da etapa especial de maratona na liderança e sem quaisquer percalços.

Joan Barreda (Monster Energy Honda Team), que começou hoje como terceiro classificado, teve um acidente com a sua Honda no quilómetro 122 ao tentar ultrapassar o argentino Luciano Benavides (RED BULL KTM Factory Racing). Apesar de grande parte do seu equipamento de navegação ficar completamente destruído, o espanhol conseguiu terminar a etapa, ao fim de três horas.

Domínio supremo da Toyota

Em carros, Nasser Al-Attiyah (Toyota Gazoo) alcançou mais uma espetacular vitória, seguido do françês Mathieu Serradori (SRT Team), a 3m07s. O holandês segundo classificado da etapa de ontem, Eric Van Loon, teve que trocar uma roda que lhe custou tempo precioso terminando em terceiro. Na geral, Nasser Al-Attiyah continua na liderança, seguido do chinês Kun Liu (Shanxi Yunxiang Qimosport).

O regresso da KAMAZ

A KAMAZ regressou para ganhar a dobrar. O russo Andrey Karginov venceu hoje a etapa em camiões, seguido do compatriota Anton Shibalov.

O buggy pilotado pelo chinês Ping Sun (Shanxi Yunxiang Club) não permitiu a ultrapassagem ao camião de Airat Mardeev (KAMAZ) durante 60 quilômetros de percurso, e o russo terminou a etapa na quarta posição.

Um problema na pressão de uma roda atrasou o camião da MAZ do bielorusso Siarhey Viazovich, que continua no entanto a liderar na classificação geral.

Por sua vez, o colega de equipa Aleksei Vishnevsky perdeu um silenciador ao longo do caminho, terminando em sétimo.

Amanhã, sexta-feira, os pilotos enfrentam a sexta etapa, das dez previstas, entre Mandalgovi e Dalanzadgad, um percurso total de 411,75km.