Última hora

Rali Rota da Seda: Nasser Al-Attiyah e Siarhey Viazovich vencem a segunda etapa

Rali Rota da Seda: Nasser Al-Attiyah e Siarhey Viazovich vencem a segunda etapa
Tamanho do texto Aa Aa

Terceiro dia do Rali da Rota da Seda, a segunda etapa especial da prova todo-o-terreno. Deixando para trás o lago Baikal, muitos dos pilotos enfrentaram problemas na região da Buriácia e alguns desistiram mesmo da prova.

Motocicletas

Na nova categoria de motocicletas, o francês Xavier de Soultrait (Yamaha Rally Team), que foi ontem terceiro classificado, foi o primeiro a desistir, devido a uma falha técnica.

O britânico Sam Sunderland (Red Bull KTM Factory) foi o vencedor da etapa com um tempo de duas horas e vinte minutos e meio, embora preferisse começar mais atrás a longa e difícil etapa de amanhã.

O português Paulo Gonçalves (Hero Motorsports Team Rally) terminou em terceiro, a 3m22s do britânico e a 1m19s do segundo classificado, o espanhol seu colega de equipa Oriol Mena.

Carros

Nos carros, Yazeed Al-Rajhi (Toyota Gazoo Racing) arrancou hoje na 3ª posição e ganhou rápidamente vantagem. Na liderança durante o primeiro terço do percurso, o saudita teve que abandonar no segundo ponto de paragem devido a uma falha de motor.

O saudita Yazeed Al-Rajhi (Toyota Gazoo Racing) teve que abandonar no segundo ponto de paragem devido a uma falha de motor.

O piloto holandês Eric van Loon sofreu uma falha de transmissão no seu Toyota Hilux mas depois dos reparos conseguiu terminar a etapa.

Para Nasser Al-Attiyah, (Toyota Gazoo Racing Overdrive) os problemas passaram ao lado. O qatari venceu mais uma etapa, ganhando lugares na classificação geral.

Camiões

Nos camiões, Anton Shibalov estourou a roda e, apesar da equipa da KAMAZ saber mudar pneus em 8 ou 9 minutos, cada minuto é valioso.

As equipas da MAZ, lideradas por Aleksei Vishnevsky e Aleksandr Vasilevsky perderam tempo entre o primeiro e o segundo ponto de paragem mas, ainda assim, Siarhey Vyazovich terminou mais uma vez com o melhor resultado.

Depois das etapas da Rússia, a Mongólia aguarda. Uma verdadeira terra incógnita para a caravana do Rali Rota da Seda.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.