Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Rali Rota da Seda: Nasser Al-Attiyah e Siarhey Viazovich vencem a segunda etapa

Rali Rota da Seda: Nasser Al-Attiyah e Siarhey Viazovich vencem a segunda etapa
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Terceiro dia do Rali da Rota da Seda, a segunda etapa especial da prova todo-o-terreno. Deixando para trás o lago Baikal, muitos dos pilotos enfrentaram problemas na região da Buriácia e alguns desistiram mesmo da prova.

Motocicletas

Na nova categoria de motocicletas, o francês Xavier de Soultrait (Yamaha Rally Team), que foi ontem terceiro classificado, foi o primeiro a desistir, devido a uma falha técnica.

O britânico Sam Sunderland (Red Bull KTM Factory) foi o vencedor da etapa com um tempo de duas horas e vinte minutos e meio, embora preferisse começar mais atrás a longa e difícil etapa de amanhã.

O português Paulo Gonçalves (Hero Motorsports Team Rally) terminou em terceiro, a 3m22s do britânico e a 1m19s do segundo classificado, o espanhol seu colega de equipa Oriol Mena.

Carros

Nos carros, Yazeed Al-Rajhi (Toyota Gazoo Racing) arrancou hoje na 3ª posição e ganhou rápidamente vantagem. Na liderança durante o primeiro terço do percurso, o saudita teve que abandonar no segundo ponto de paragem devido a uma falha de motor.

O saudita Yazeed Al-Rajhi (Toyota Gazoo Racing) teve que abandonar no segundo ponto de paragem devido a uma falha de motor.

O piloto holandês Eric van Loon sofreu uma falha de transmissão no seu Toyota Hilux mas depois dos reparos conseguiu terminar a etapa.

Para Nasser Al-Attiyah, (Toyota Gazoo Racing Overdrive) os problemas passaram ao lado. O qatari venceu mais uma etapa, ganhando lugares na classificação geral.

Camiões

Nos camiões, Anton Shibalov estourou a roda e, apesar da equipa da KAMAZ saber mudar pneus em 8 ou 9 minutos, cada minuto é valioso.

As equipas da MAZ, lideradas por Aleksei Vishnevsky e Aleksandr Vasilevsky perderam tempo entre o primeiro e o segundo ponto de paragem mas, ainda assim, Siarhey Vyazovich terminou mais uma vez com o melhor resultado.

Depois das etapas da Rússia, a Mongólia aguarda. Uma verdadeira terra incógnita para a caravana do Rali Rota da Seda.