A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

150 pessoas morrem em naufrágio no Mediterrâneo

Arquivo
Arquivo -
Direitos de autor
Rita Gaspar via REUTERS
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

"A pior tragédia no Mediterrâneo este ano". A classificação é do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados. Pelo menos 150 pessoas morreram quando uma embarcação afundou na costa da Líbia.

Equipas de socorro e pescadores terão conseguido resgatar do mar centena e meia de pessoas que estarão agora a ser enviadas de volta à Líbia.

As autoridades ainda não conseguiram apurar se havia mais um barco com passageiros. Garantem ainda assim que este é o naufrágio mais letal deste ano.

A ONU pede urgência na reativação oficial dos resgates no Mediterrâneo; o fim da detenção de migrantes na Líbia e a criação de corredores de saída seguros.