A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Milhões de hectares em fogo na Rússia

Milhões de hectares em fogo na Rússia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Incêndios florestais estão a atingir parte considerável do território russo. O fogo arde em 11 das 46 regiões da Rússia,

Os maiores incêndios - supostamente desencadeados por uma combinação de eventos naturais e atividade humana - atingiram as regiões de Irkutsk, Krasnoyarsk e Buryatia.

O fumo atingiu as principais cidades, incluindo Krasnoyarsk, Novosibirsk e Tomsk.

A ONG Greenpeace referiu que as imensas nuvens de fumo, que cobrem atualmente vastos territórios da Sibéria e do Extremo Oriente russo, alcançando os Urais e, em alguns casos, a República Russa do Tartaristão, são uma ameaça à saúde da população.

A ONG Greenpeace lembrou que, este ano, os incêndios florestais já afetaram uma área de mais de 11 milhões de hectares e neste momento cerca de 3 milhões de hectares de áreas florestais estão a arder.

O enviado do Presidente Vladimir Putin na Sibéria afirmou que não há necessidade de declarar uma emergência, a menos que a concentração de monóxido de carbono exceda os limites permitidos.

Enquanto isso, o fumo já terá atingido a região russa de Tyumen, no oeste da Sibéria, que fica a seis fusos horários distantes do local onde ocorrem os maiores incêndios.