EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Milhares de russos exigem combate aos incêndios na Sibéria

Milhares de russos exigem combate aos incêndios na Sibéria
Direitos de autor 
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A magnitude dos incêndios atingiu um nível excecional. Segundo a Agência Federal de Florestas, foram queimados mais de 3 milhões e 200 hectares, em especial nas vastas regiões de Iacútia, Krasnoyarsk e Irkutsk.

PUBLICIDADE

Mais de 800 mil russos assinaram uma petição onde exigem que as autoridades combatam os grandes incêndios florestais na Sibéria. Os ambientalistas afirmam que estamos perante uma catástrofe ecológica, no entanto o Kremlin afirmou que seria "inútil" apagar.

As chamas lavram há, já, mais de um mês. A magnitude dos incêndios atingiu um nível excecional. Segundo a Agência Federal de Florestas, foram queimados mais de 3 milhões e 200 hectares, em especial nas vastas regiões de Iacútia, Krasnoyarsk e Irkutsk.

No terreno, as equipas de combate aos incêndios tentam controlar as chamas, mas, como conta um bombeiro, "o fogo espalha-se rapidamente e as condições climatéricas, também, contribuem para isso".

Na segunda-feira, a Greenpeace alertou que o fumo espalhou-se pela Sibéria até aos montes Urais, representando uma ameaça para a saúde das populações.

As autoridades russas afirmaram que não pretendem gastar recursos no combate aos incêndios pois estão, principalmente, em áreas remotas e desabitadas, conhecidas como "zonas de controlo", portanto, não são uma ameaça direta para as populações.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Putin substitui Shoigu porque quer Ministério da Defesa "aberto à inovação"

Putin substitui ministro da Defesa. Shoigu será secretário no Conselho de Segurança da Rússia

Putin reconduz Mishustin no cargo de primeiro-ministro da Rússia