A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

UEFA escolhe mulheres para arbitrar uma final de homens

Stéphanie Frappart volta aos grandes palcos depois da final do Mundial feminino
Stéphanie Frappart volta aos grandes palcos depois da final do Mundial feminino -
Direitos de autor
REUTERS/Pascal Rossignol/Arquivo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Stéphanie Frappart vai tornar-se na primeira mulher a arbitrar a final de uma competição internacional de futebol masculino. A francesa vai dirigir a Supertaça europeia entre Liverpool e Chelsea.

Depois de ter arbitrado a 07 de julho a final do Mundial feminino entre Estados Unidos e Holanda, Frappart, de 35 anos, foi agora nomeada pela UEFA para a Supertaça Europeia masculina entre Liverpool e Chelsea.

A equipa de arbitragem será aliás quase toda feminina.

A acompanhar Frappart, e tal como já tinha acontecido na final do Mundial feminino, vão estar nas linhas laterais a também francesa Manuela Nicolosi, de 39 anos, e a irlandesa Michelle O'Neill, de 40.

"Espero que as aptidões e a devoção mostrados por Stéphanie ao longo da carreira até chegar a este nível inspire milhões de outras raparigas e mulheres por toda a Europa e lhes mostre que não devem existir barreiras para se alcançarem os sonhos", manifestou Aleksander Čeferin, o presidente da UEFA, no comunicado emitido pelo organismo europeu.

O quarto árbitro será um homem. O turco Cüneyt Çakır, de 42 anos, completa a equipa de arbitragem no relvado desta Supertaça europeia que vai jogar-se em Istambul a 14 de agosto.

De um lado, vai estar o vencedor da Liga dos Campeões, o Liverpool, que tem em Mohamed Salah uma das estrelas de uma equipa que se mantém praticamente a mesma da época passada.

Do outro vão estar os também ingleses Chelsea, vencedores da Liga Europa e agora com um novo treinador, Frank Lampard.

A antiga estrela da equipa "blue" tem a difícil tarefa de reconstruir uma equipa sem a principal figura da época passada, o belga Eden Hazard, transferido por 100 milhões de euros para o Real Madrid.