Última hora
This content is not available in your region

Alemanha afasta-se de missão norte-americana no Golfo Pérsico

euronews_icons_loading
Alemanha afasta-se de missão norte-americana no Golfo Pérsico
Direitos de autor  Reuters
Tamanho do texto Aa Aa

No mesmo dia em que o Reino Unido anuncia que vai juntar-se aos Estados Unidos numa missão de segurança marítima no Golfo Pérsico, a Alemanha mostra mais uma vez que não vai participar na missão norte-americana.

De visita à Polónia, o chefe da diplomacia alemã defendeu, em alternativa, uma missão de vigilância da União Europeia

"Queremos uma missão europeia e o tema não está fora de questão. Mas é previsível que demore algum tempo a convencer a União Europeia acerca de uma missão, seja ela qual for. Sempre falámos de uma missão de vigilância”.

Em menos de um mês, o Irão apreendeu três petroleiros no Golfo Pérsico.

Washington pediu a Berlim, Paris e Londres para participarem numa missão de proteção dos navios comerciais que atravessam o Estreito de Ormuz. Mas tudo indica que a "estratégia de máxima pressão” dos Estados Unidos, como definiu o ministro Heiko Maas, não vai ser apoiada pelo governo alemão.