A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Gaza conta parte da História da Humanidade

Gaza conta parte da História da Humanidade
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Faixa de Gaza reúne alguns dos vestígios mais impressionantes da História da Humanidade. Desde a Idade do Bronze até aos períodos grego, persa e romano, aos califados islâmicos e aos impérios otomano e britânico.

Mas as memórias de grande parte dessa história estão em risco. O Património é uma das principais vítimas da guerra. Os especialistas tentam salvar o que não foi totalmente destruído.

Walid al-Aqqqad tem uma das cinco coleções privadas registadas na Faixa de Gaza. Cerca de 10 mil objetos de valor histórico, segundo o Ministério do Turismo e Antiguidades. Começou a procurar artefactos em 1975. Comprava a colecionadores e procurava na praia e em locais de construção. Transformou a casa num museu arqueológico e agora recebe visitas de estudo

"Comprei algumas antiguidades a pessoas que as colecionam. Este museu foi criado através do esforço pessoal e à custa do pão dos meus filhos."

O Ministério do Turismo tem um inventário de todas as coleções particulares.

Najlaa Abu Lahya construiu o museu privado de Al Qarara.

"Fomos ao Ministério do Turismo e Antiguidades e eles deram-nos um documento que comprova que possuímos estas coleções e que temos o direito de preservá-las e acrescentá-las ao acervo. Mas não podemos vendê-las".

Os palestinianos dizem que o isolamento dificulta as escavações e limita o acesso a novas descobertas. As pilhagens e o tráfico são outro grande problema para quem protege e recupera o Património histórico de Gaza.