A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Itália em suspenso antes do discurso de Conte ao Senado

Itália em suspenso antes do discurso de Conte ao Senado
Direitos de autor
REUTERS/Remo Casilli
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Hoje é um dos dias mais esperados desde que começou a crise política em Itália. Giuseppe Conte fala ao Senado às 15h, 14h em Lisboa. Um discurso que não será agradável de ouvir para Matteo Salvini, que iniciou esta crise política depois de ter dito que a coligação governamental era para durar.

Não se sabe o que vai acontecer a seguir o que se sabe é que, quando sair do Senado, o ainda primeiro-ministro será recebido pelo Presidente italiano, Sergio Mattarella, e anunciará se se demite, ou não.

Um dos cenários que poderá estar a desenhar-se é uma coligação governamental entre o movimento 5 estrelas de Conte e o partido Democrático, de Nicola Zingaretti. A ser verdade, e de todas as formas, caberá ao chefe de Estado decidir o que acontecerá a seguir.

Se Conte se demitir Mattarella abrirá consultas com todos os partidos com assento parlamentar, à procura de uma nova coligação. Se todas as possibilidades se esgotarem terá de dissolver o parlamento e convocar novas eleições o que, tendo em consideração o calendário, com o Orçamento para 2020 que tem de ser aprovado e apresentado à União Europeia, tentará evitar.