A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Salvini recebido com pouco carinho no sul de Itália

Salvini recebido com pouco carinho no sul de Itália
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Recebido com pouco carinho em Castel Volturno, no Sul de Itália, Matteo Salvini chega para uma reunião com o conselho de segurança e não escapou a alguns insultos.

Com a notícia de um outro navio no Mar Mediterrâneo, à espera de atracar, Salvini diz manter os portos fechados.

"Há outro navio de outra ONG, desta vez com bandeira da Noruega e ONG francesa com 356 migrantes...atualmente a bordo no mar da Líbia. Se concordarmos com o princípio de que todo navio - não importa a bandeira, o país e o mar onde está - possa entrar em Itália, sem se preocupar com leis, andamos a trabalhar um ano para nada.", admitiu Salvini.

Apesar dos protestos, a cidade de Castel Volturno, perto de Nápoles, foi escolhida a dedo por Matteo Salvini. Nesta cidade existem 15.000 imigrantes e uma alta taxa de criminalidade.