A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

De internacional afegão a refugiado na Grécia

De internacional afegão a refugiado na Grécia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Dos estádios de futebol mundiais para um campo de refugiados na ilha de Lesbos, na Grécia.

Sohrab Nourzai foi jogador de futebol profissional internacional pelo Afeganistão e foi campeão cinco vezes por um clube do Irão. A RTP foi encontrá-lo num campo de refugiados, em Lesbos, onde passa os dias a treinar num estádio de relva sintética. Fugiu das ameaças de morte dos Talibãs.

"Há sete anos, estive no Afeganistão a convite do presidente Karzai. Assisti a uma cerimónia do Governo, tirei fotografias com o presidente. As imagens foram difundidas pelas grandes estações de televisão e nos jornais. A partir daí, os talibãs começaram a ameaçar-me."

Perseguido no Afeganistão, Sohrab regressa ao Irão depois ter visto o pai morrer num atentado.

Em 2015, recomeçou o pesadelo, agora, por motivos religiosos.

Sohrab, sunita, apaixonou-se por Fatma, uma mulher xiita. Uma coisa reprovável no Irão e que pode levar à morte.

Os dois resolveram, então, rumar à Europa em busca de refúgio. Uma viagem difícil, em particular, a travessia do Mar Egeu que separa a Turquia da ilha grega de Lesbos.

Estão no campo de Moria desde 2018 à espera de recuperar o controlo das suas vidas. Sohrab sonha voltar aos relvados e quem sabe, um dia treinar ao lado de Cristiano Ronaldo.