A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

"Breves de Bruxelas": Cortejo na Bélgica, Bansky e Brexit, Amazónia

"Breves de Bruxelas": Cortejo na Bélgica, Bansky e Brexit, Amazónia
Direitos de autor
FRANCOIS LENOIR
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Um cortejo folclórico na cidade belga de Ath, no mês de agosto, poderá vir a perder um dos personagens na festa do ano que vem. Apelidado de "Selvagem" e pintado de preto, o personagem viola os princípios do respeito mútuo pelas comunidades e indivíduos, exigido pela UNESCO, entidade à qual se queixou um colectivo ativista anti-racismo, Panteras de Bruxelas.

Este é o tema de abertura do programa "Breves de Bruxelas", que passa em revista a atualidade comunitária. Em destaque estão, também, as seguintes notícias:

  • A União Europeia poderá considerar a possibilidade de suspender a importação de carne bovina brasileira. Seria um a medida de retaliação por falta de empenho das autoridades no combate aos incêndios florestais na Amazónia. A Finlândia, que tem a presidência neste semestre, anunciou que os ministros das Finanças vã analisar o tema numa reunião, a 13 de setembro.
  • Um mural do artista gráfico Banksy que mostrava uma estrela da bandeira da União Europeia a ser arrancada foi misteriosamente coberto com tinta branca. A obra foi criada em 2017, num edificio perto do porto de Dover, que deveria ser demolido. Banksy isnpirou-se na polémica saída do Reino Unido da União Europeia decidida num referendo em 2016.