Última hora

Fim das sanções é condição para conversações, diz Irão

Fim das sanções é condição para conversações, diz Irão
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Irão deitou água fria sobre o possível encontro com o presidente norte-americano. Falando esta segunda-feira na esteira da visita a Biarritz do chefe da diplomacia iraniana, o presidente Hassan Rouhani afirmou que não há encontro sem o levantamento das sanções.

"Sem este passo, o impasse não se resolverá. Trata-se de acabar com as sanções. Todas as sanções contra a nação iraniana que sejam ilegais, opressivas e erradas devem ser levantadas", disse Rouhani reagindo aos acontecimentos do fim-de-semana.

Foi na cimeira do G7 em Biarritz que o presidente francês Emmanuel Macron tentou desbloquear a situação.

"Não conheço este senhor. Só o conheço um pouco porque acompanho o que se tem passado nos últimos anos. Mas sei que ele é um grande negociador. Acho que ele vai querer reunir-se, o Irão quer resolver esta situação", disse o presidente norte-americano que não se opôs a um encontro com o líder iraniano.

O acordo nuclear iraniano foi assinado em 2015, entre o Irão e o chamado grupo P5+1 (os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU e a Alemanha).

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.