A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

"Breves de Bruxelas": Brexit, clima e extrema-direita

"Breves de Bruxelas": Brexit, clima e extrema-direita
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A palavra responsabilidade tem sido muito usada pelos que reagem, em Bruxelas, à suspensão do Parlamento britânico, que surpreendeu os membros do Parlamento Europeu, sendo que alguns admitem que o Brexit sem acordo está cada vez mais próximo de se materializar.

Michel Barnier, negociador-chefe do Brexit por parte da União Europeia, disse que era seu "dever e responsabilidade proteger os direitos dos cidadãos e das empresas".

Este é o tema de abertura do programa "Breves de Bruxelas", que passa em revista a atualidade comunitária. Em destaque estão, também, as seguintes notícias:

  • As implicações dos incêndios florestais e das condições climáticas extremas na segurança interna dos países estiveram, pela primeira vez, na agenda dos ministros da Defesa da União Europeia, que se reuniram em Helsínquia (Finlândia). Outros temas discutidos foram a segurança marítima, a propaganda hostil e os ciberataques.
  • Organizações de jornalismo alemãs enviaram uma carta aberta ao ministro do Interior, Horst Seehofer, pedindo proteção contra grupos da extrema-direita. Operações da polícia junto de organizações da extrema-direita descobriram listas de jornalistas como potenciais alvos de ataques.