A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Suspensão do parlamento acelera Brexit sem acordo

Suspensão do parlamento acelera Brexit sem acordo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A decisão de suspender o parlamento do Reino Unido também surpreendeu os membros do Parlamento Europeu e alguns admitem que o Brexit sem acordo está cada vez mais próximo de se materializar.

"O Brexit sem acordo é mau para a Europa e para o Reino Unido. Boris Johnson é um político irresponsável que causa enormes danos ao seu país e à Europa", disse Sandor Ronai, eurodeputado húngaro de centro-esquerda.

Mas nem todos os eurodeputados estão tão preocupados com a medida pedida pelo primeiro-ministro Boris Johnson e aceite pela Rainha Isabel II. Elementos de bancadas mais eurocéticas consideram que o Reino Unido deve poder resolver o Brexit à sua maneira.

"Penso que a União Europeia deveria ter um comportamento mais pragmático e menos punitivo em relação ao Reino Unido, mas temo que continue a ter uma postura muito ideológica", afirmou Carlo Fidanza, eurodeputado italiano eurocético.

Manobra de último recurso?

Com o Parlamento britânico suspenso até meados de outubro, o primeiro-ministro pretende propor uma alternativa ao chamado mecanismo de salvaguarda para evitar uma fronteira física na ilha da Irlanda, algo que Bruxelas tem dito ser quase impossível.

O eurodeputado espanhol de centro-direita Esteban González Pons duvida que esta manobra resolva alguma coisa: "Acho que Boris Johnson está a preparar a classe política britânica para um iminente Brexit sem acordo que prejudicará os países da União mas, acima de tudo, arruinará a política britânica".

Boris Johnson participará na sua primeira cimeira de líderes da União Europeia, em Bruxelas, a 17 de outubro, duas semanas antes do prazo final para uma saída ordenada da União Europeia.