A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Furacão Dorian 'poupa' Porto Rico, mas pode atingir a Flórida

Furacão Dorian 'poupa' Porto Rico, mas pode atingir a Flórida
Direitos de autor
رويترز
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Porto Rico regressa hoje à normalidade, depois da passagem do furacão Dorian, que não causou danos graves na ilha caribenha.

O Dorian acabou por passar ao lado da ilha, que estava já em estado de emergência e pronta para o pior, depois da tragédia provocada pelo furacão Maria em 2017, que provocou cerca de três mil mortos e prejuízos materiais muito avultados.

Em conferência de imprensa, a governadora porto-riquenha Wanda Vázquez elogiou o comportamento da população por ter seguido as instruções das autoridades. "A ameaça já passou", disse, anuncindo também o recomeço das atividades escolares e dos serviços públicos.

O território foi afetado por fortes chuvas, mas poupado a danos maiores. O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC) retirou mesmo o sinal de aviso para o território.

No entanto, o Dorian continua a ganhar força e a subir para norte. Com ventos entre os 130 e os 170 quilómetros/hora, o furacão de categoria 1 segue na direção da Flórida.

Por outro lado, o governador do estado da Florida, nos Estados Unidos, declarou na noite de quarta-feira o estado de emergência devido ao Dorian, que atingiu a categoria 1 e deve aumentar de intensidade nos próximos dias.

As autoridades do estado já foram mobilizadas por prevenção e declararam estado de emergência para a chegada do Dorian, prevista para o fim de semana.