A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Florida à espera de "um monstro"

Florida à espera de "um monstro"
Direitos de autor
August 30, 2019. REUTERS/Gregg Newton
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Florida está em estado de emergência e o governador pediu à população para se abastecer de mantimentos para uma semana. É que o furacão Dorian deve chegar à costa norte-americana na segunda-feira, como tempestade de categoria 4. O furacão, que para já, está na categoria 2, deve ganhar intensidade sobre as águas quentes do Caribe.

O presidente dos Estados Unidos congratulou-se por o furacão ter poupado Porto Rico e por o pior cenário não se ter confirmado nas Ilhas Virgens. Mas Donald Trump alertou que "o furacão começou a formar-se e que ao que parece vai ser um 'monstro absoluto'". O presidente salientou que as indicações apontam para que o furacão atinja fortemente os Estados Unidos e que seja muito grande, pelo menos tão grande como foi o Andrew há muitos anos.

E os habitantes da Florida responderam aos apelos das autoridades e abasteceram os carros de combustíveis e as casas com alimentos e bebidas, deixando alguns supermercados de prateleiras vazias.

As autoridades da Florida distribuíram também areia pelos habitantes da orla costeira do estado, que a utilizaram para encher sacos e criar barreiras, de forma a tentar evitar inundações quando o Dorian chegar.