EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Semana decisiva no parlamento britânico

Semana decisiva no parlamento britânico
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A oposição quer legislar para impedir um Brexit sem acordo e pode haver tentativas para travar a paralisação do parlamento

PUBLICIDADE

Depois das manifestações deste sábado, que juntaram milhares de pessoas contra a decisão do primeiro-ministro de suspender o parlamento, o governo britânico prepara-se para entrar numa semana considerada histórica. A oposição quer legislar para impedir um Brexit sem acordo e pode haver tentativas para travar a paralisação do parlamento.

No programa de Andrew Marr, na BBC, o ministro responsável pela pasta do Brexit explicou que a posição do governo é esperar para conhecer a legislação que a oposição poderá apresentar. Questionado sobre a impossibilidade de um governo dizer que não vai cumprir a lei, Michael Gove insistiu que o governo só vai pronunciar-se depois de conhecer as propostas da oposição.

O Partido Trabalhista não aceita uma “saída desordenada” e por isso não coloca de parte uma extensão" do prazo para o Brexit. Keir Starmer, porta-voz do partido, sublinha que agora só há uma saída. Permitir que os cidadãos decidam: se querem sair nas condições oferecidas ou se preferem ficar. Starmer lembra os vários meses de impasse de todo o processo e acredita que agora é o momento de seguir em frente.

O governo britânico anunciou este domingo que vai lançar a “maior campanha de informação pública de todos os tempos” para preparar as pessoas e as empresas para o Brexit. De acordo com o comunicado oficial, a campanha será divulgada em várias plataformas: televisões, redes sociais e cartazes.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

William apareceu sem Kate na "Garden Party" de verão do Palácio de Buckingham

Chanceler austríaco saúda Sunak pelo plano de deportação para o Ruanda

Jovem de 13 anos morre após ataque com espada em Londres