A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

"Joker" conquista Leão de Ouro

"Joker" conquista Leão de Ouro
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

"Joker", do realizador norte-americano Todd Phillips, foi o vencedor do galardão máximo da 76.ª edição do Festival Internacional de Veneza.

Quando recebeu o Leão de Ouro, Todd Phillips, realçou o papel de Joaquin Phoenix como ator principal.

"É claro que não há filme sem Joaquin Phoenix, o mais feroz ... obrigado por confiares em mim com o teu talento desmesurado," afirmou Todd Phillips.

Na película é contada a história do famoso vilão do Batman das banda-desenhadas da DC.

"J’Accuse", de Roman Polanski, recebeu o Grande Prémio do Júri.

O prémio para o drama militar sobre o famoso caso Dreyfus, em França, foi recebido por Emmanuelle Seigner, esposa do realizador e atriz no filme.

De lembrar que no início do festival, a presidente do júri, Lucrecia Martel, manifestou incómodo com a presença de um acusado de violação.

Cinco anos depois de conquistar um Leão de Ouro, o sueco Roy Andersson foi distinguido pela Melhor Realização com o filme "About Endlessness".

De realçar que o filme português "A Herdade", de Tiago Guedes, conquistou o Prémio Bisato d'Oro de Melhor Realização atribuído pela crítica independente, um júri paralelo ao festival de cinema de Venez.

A brasileira Barbara Paz arrecadou o prémio de melhor documentário sobre cinema da Venice Classic com “Babenco – Alguém tem que ouvir o coração e dizer: parou”.