EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Rússia: Autoridades fazem buscas em locais ligados a Alexei Navalny

Rússia: Autoridades fazem buscas em locais ligados a Alexei Navalny
Direitos de autor 
De  euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Lavagem de dinheiro ou motivações políticas? Uma centena de locais relacionados com Alexei Navalny e seus colaboradores foram alvos de buscas.

PUBLICIDADE

As autoridades russas lançaram esta quinta-feira buscas em locais ligados ao opositor do Kremlin, Alexei Navalny, em 39 localidades do país. Foram visitadas casas de vários colaboradores de Navalny e delegações da Fundação anticorrupção, criada por ele. A porta-voz de Navalny, Kira Yarmysh, fala de operação sem precedentes:

"Este é de longe o maior golpe contra a nossa Fundação Anti-Corrupção e contra a sua rede de sedes regionais que já existiu desde a sua criação. Mas é óbvio que quanto mais forte se torna a nossa acção -, mais forte é a reacção", disse numa entrevista elefónica.

Os investigadores falam de lavagem de dinheiro em larga escala. A mensagem de Navalny é: "Não vamos desistir. Vamos recuperar o poder e continuar a lutar contra bandidos e ladrões."

A investigação sobre a alegada lavagem de dinheiro - cerca de 15 milhões de dólares - pela fundação foi aberta no mês passado e também foram congeladas diversas contas bancárias.

Para os detratores do Kremlin, a causa da investigação prende-se com a ação política da oposição nas eleições regionais do princípio de setembro, como refere a repórter da Euronews Galina Polonskaya:

"Os apoiantes da Navalny estão certos de que o caso em si e as buscas têm um único objetivo: esmagar a oposição nas regiões e quebrar a sua resistência depois das últimas eleições regionais em que os apoiantes de Navalny fizeram tudo para impedirem que os representantes do partido presidencial "Rússia Unida" entrassem nos governos regionais".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Moscovo diz que ataques ucranianos na Rússia e Crimeia fizeram seis mortos e mais de 100 feridos

Ataque no Daguestão faz pelo menos seis mortos e 12 feridos

Tribunal russo condena soldado americano a quase quatro anos de prisão por roubo