Última hora

Rússia: Autoridades fazem buscas em locais ligados a Alexei Navalny

Rússia: Autoridades fazem buscas em locais ligados a Alexei Navalny
Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades russas lançaram esta quinta-feira buscas em locais ligados ao opositor do Kremlin, Alexei Navalny, em 39 localidades do país. Foram visitadas casas de vários colaboradores de Navalny e delegações da Fundação anticorrupção, criada por ele. A porta-voz de Navalny, Kira Yarmysh, fala de operação sem precedentes:

"Este é de longe o maior golpe contra a nossa Fundação Anti-Corrupção e contra a sua rede de sedes regionais que já existiu desde a sua criação. Mas é óbvio que quanto mais forte se torna a nossa acção -, mais forte é a reacção", disse numa entrevista elefónica.

Os investigadores falam de lavagem de dinheiro em larga escala. A mensagem de Navalny é: "Não vamos desistir. Vamos recuperar o poder e continuar a lutar contra bandidos e ladrões."

A investigação sobre a alegada lavagem de dinheiro - cerca de 15 milhões de dólares - pela fundação foi aberta no mês passado e também foram congeladas diversas contas bancárias.

Para os detratores do Kremlin, a causa da investigação prende-se com a ação política da oposição nas eleições regionais do princípio de setembro, como refere a repórter da Euronews Galina Polonskaya:

"Os apoiantes da Navalny estão certos de que o caso em si e as buscas têm um único objetivo: esmagar a oposição nas regiões e quebrar a sua resistência depois das últimas eleições regionais em que os apoiantes de Navalny fizeram tudo para impedirem que os representantes do partido presidencial "Rússia Unida" entrassem nos governos regionais".

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.