A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Brexit: Johnson exprime "otimismo cauteloso"

Brexit: Johnson exprime "otimismo cauteloso"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Um "otimismo cauteloso": foi desta forma que o primeiro-ministro britânico descreveu o seu estado de espírito face à possibilidade de obter um novo acordo de retirada do Reino Unido com a União Europeia.

Boris Johnson, que prometeu concretizar o divórcio a 31 de outubro, mesmo sem acordo, vai viajar ao Luxemburgo para tentar ultrapassar o impasse do Brexit.

Johnson: "Vou ver o presidente da Comissão [Europeia] e o chefe negociador Michel Barnier na segunda-feira e falaremos acerca das ideias que vamos trabalhar e veremos até onde chegamos. Diria que estou cautelosamente otimista. É uma descrição suficientemente boa? Sinto-me cautelosamente otimista."

Barnier já disse que espera "propostas concretas de Downing Street". O diálogo terá lugar num almoço de trabalho onde Jean-Claude Juncker - que foi durante 18 anos primeiro-ministro do Luxemburgo - fará o papel de anfitrião.

A porta-voz da Comissão Europeia, Natasha Bertraud, explicou que "a razão pela qual o almoço tem lugar no Luxemburgo é simplesmente porque o presidente tem de ir diretamente depois para Estrasburgo, porque é semana de Plenário, e Boris Johnson concordou em ir ao Luxemburgo para facilitar as coisas".

Fontes europeias tinham sugerido que o primeiro-ministro britânico tinha procurado evitar um encontro em Bruxelas, com receio de dar a impressão de que iria "pedinchar" para tentar obter concessões.