Polónia: Manifestantes anti-LGBT invadem desfile de orgulho gay

Polónia: Manifestantes anti-LGBT invadem desfile de orgulho gay
De  Ana Serapicos
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Mais de 30 pessoas foram detidas depois de se envolverem em confrontos com a polícia durante uma marcha pacífica

PUBLICIDADE

Na cidade de Lublin, na Polónia, dezenas de manifestantes anti-LGBT invadiram um desfile de orgulho gay e entraram em confronto com a polícia. As forças especiais foram obrigadas a usar canhões de água para separar os dois grupos de manifestantes.

Os manifestantes anti-LGBT lançaram ovos contra as pessoas que participavam no desfile. O porta-voz da polícia local avançou a detenção de mais de 30 pessoas.

Reuters

A câmara de Lublin tinha tentado, sem sucesso, proibir a marcha de orgulho gay, citando preocupações de segurança. Na sexta-feira (27 de setembro), o tribunal distrital decidiu permitir a marcha.

"Tivemos ameaças de morte", explicou o organizador do desfile, Bartosz Staszewki.

Num país altamente católico e a duas semanas das eleições, o "Lei e jusitça", o partido com mais assentos no parlamento, mantém um discurso abertamente homofóbico. Chegou mesmo a distribuir panfletos, durante a campanha, onde se lia: "Zona livre de LGBT".

Nos últimos meses, os desflies de orgulho gay, na Polónia, têm sido campos de batalha.

Reuters
Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Gay Pride termina em confrontos em Istambul

Sábado de protesto pela comunidade LGBT

"Breves de Bruxelas": PE contra lei polaca sobre educação sexual