A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Lírio de mil maneiras: o peixe favorito dos japoneses

Lírio de mil maneiras: o peixe favorito dos japoneses
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O lírio é um dos peixes favoritos dos japoneses.

No Japão, o lírio é comido cru, em sashimi ou cozinhado de mil maneiras. Para responder à procura de lírio, uma universidade japonesa desenvolveu uma tecnologia pioneira para produzir o chamado guri.

Em, Kushimoto, no sul do país, um grupo de investigadores da Universidade de Kindai lançou as bases de uma técnica de aquacultura sustentável. O objetivo do projeto é responder à procura de peixe sem prejudicar a vida marinha. Para isso, os produtores de lírio respeitam o ciclo de vida da espécie.

Lírios de qualidade produzidos em viveiro

"Fazemos eclodir os ovos e criamo-los com amor. Quando são suficientemente grandes, são levados para um viveiro no mar. Dois anos depois, quando têm entre três e cinco quilos, são vendidos ao consumidor", explicou Naoki Taniguchi, gestor do viveiro.

A empresa japonesa tira partido das inovações em matéria de criação de peixe e exporta para o mundo inteiro, nomeadamente para a Europa. Muitos restaurantes passaram a incluir no menu o lírio japonês sem ter de esperar pela estação da pesca.

"Podemos produzir lírios de viveiro de boa qualidade ao longo de todo o ano. Antes, não conseguíamos obter a qualidade do peixe selvagem mas hoje o nosso lírio tem uma elevada qualidade e tem mais gordura", afirmou Masahiko Ariji, presidente da empresa Shokuen Co.

Comida para comer e contemplar

O lírio é um dos peixes favoritos dos japoneses. A euronews visitou um restaurante de peixe em Osaka. "A textura do lírio é cremosa. É um peixe com gordura mas não é pesado. Recomendamos que seja cozinhado como sashimi. É a forma preferida dos japoneses e a forma que eu prefiro. Mas também é bom frito. Há várias formas de o cozinhar", contou o cozinheiro japonês Hiroshi Hirobayashi.

Um poeta nipónico dizia que a cozinha japonesa "não era para comer mas para contemplar". Um ditado que não deve ser seguido demasiado à letra!