Última hora

Austrália: Ayers Rock encerrado ao público

Austrália: Ayers Rock encerrado ao público
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Esta sexta-feira, foi o último dia que os turistas puderam subir ao monte Ayers Rock, no Parque Nacional de Uluru-Kata Tijuca, na Austrália.

A partir deste sábado é oficialmente proibido subir ao topo do rochedo, a pedido do povo Anangu que considera o Ayers Rock um local sagrado.

"Eu sei que há uma grande controvérsia na subida, e respeito as Primeiras Nações aqui, mas como era uma coisa opcional a fazer, decidi fazê-lo e agora que está oficialmente fechado, não vou fazer mais subidas", comentou um turista norte-americano.

Este fim de semana serão realizadas celebrações públicas para comemorar a proibição da subida.

O monólito de 348 metros de altura é considerado um local sagrado para o povo indígena Anangu e é um dos locais mais conhecidos da Austrália, tendo sido considerado Património da Humanidade pela UNESCO.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.