Última hora

Continua a revolta popular no Líbano

Continua a revolta popular no Líbano
Direitos de autor
REUTERS/Mohamed Azakir
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Líbano está determinado contra a classe política e os protestos continuam há mais de uma semana, contra um recente pacote de medidas económicas.

Trata-se de uma mobilização sem precedentes e os protestos têm levado milhares de pessoas a sair às ruas, independentemente das diferenças religiosas. Erguem a voz e barricadas no centro de Beirute. Militantes do Hezbolla estão cada vez mais presentes nas ruas e estiveram envolvidos em confrontos na capital, na semana passada.

Os protestos começaram depois do anúncio de novos impostos ou a intenção de cobrar as chamadas gratuitas feitas através da internet, como através da aplicação WhatsApp.

O governo cancelou o pacote de medidas, mas a revolta popular no Líbano continua - contra o regime e contra a crise económica.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.