Última hora

Orbán recebe Erdogan na Hungria

Orbán recebe Erdogan na Hungria
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Primeiro-ministro da Hungria multiplica os contactos internacionais. Menos de uma semana depois da visita de Vladimir Putin, Viktor Orbán recebe outra figura da política mundial: o Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan.

O relacionamento próximo dos dois líderes remonta a 2013, quando o chefe de Governo húngaro procurava parceiros comerciais a Oriente. Orbán e Erdogan alcançaram um entendimento imediato.

A aliança fortaleceu-se desde a crise migratória e o acordo que o Presidente turco fez com a União Europeia para conter refugiados vindos da Síria.

A diplomacia húngara tem, desde então, apoiado Ancara em todos os movimentos controversos. Orbán saudou a mudança na Constituição turca, participou na tomada de posse de Erdogan como Presidente e refreou a condenação da União Europeia à ofensiva turca na Síria.

O que a Hungria recebe em troca não é muito evidente. Embora as trocas comerciais entre os dois países estejam a crescer, ainda estão longe da meta estabelecida em 2013.

Mas nem todos os húngaros estão felizes com a amizade de Orbán com Erdogan. Estão planeadas manifestações em resposta ao que os organizadores chamam de convite de um criminoso de guerra para a Hungria.

De recordar que, durante a mais recente visita de Erdogan, apenas as manifestações de apoio ao presidente turco foram permitidas pelas autoridades húngaras.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.