Última hora
This content is not available in your region

Supervisão financeira da UE pode sofrer nova reformulação

euronews_icons_loading
Supervisão financeira da UE pode sofrer nova reformulação
Tamanho do texto Aa Aa

Os países mais poderosos da União Europeia querem avançar para a criação de uma nova entidade supervisora financeira.

Numa declaração conjunta, Alemanha, França, Itália, Espanha, Holanda e a Letónia apelaram aos outros estados-membros para a necessidade de travar a lavagem de dinheiro no sistema financeiro comunitário.

O alerta surge após uma série de escândalos que afetaram os países do Báltico e do Norte da Europa, bem como Malta e Chipre.

Para estas seis nações, este trata-se apenas do último exemplo de como a supervisão dos bancos centrais de cada estado-membro tem falhado na prevenção de infrações, nomeadamente naqueles com implicações internacionais.

Agora, a solução pode passar por uma reformulação da Autoridade Bancária Europeia (EBA) ou o lançamento de uma nova entidade, escassos meses após a Comissão Europeia ter feito reformas no Sistema Europeu de Supervisão Financeira e que agora são consideradas insuficientes para resolver este problema.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.