Última hora

Tropas recuam em Donbass

Tropas recuam em Donbass
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

As tropas ucranianas e as milícias pró-russas da República Popular de Donetsk recuam na linha de fogo. Preparam o caminho para uma nova tentativa diplomática de alcançar um acordo de paz entre as duas partes em conflito na região de Donbass. Com a retirada deste sábado, vai ser possível reunir os representantes da Ucrânia e da Rússia com a mediação da França e da Alemanha.

Mas os ucranianos têm dúvidas, principalmente os antigos combatentes, como Bohdan Bondar, General das Forças Armadas da Ucrânia.

"Se os inimigos não cumprirem as suas obrigações, voltaremos, a muito curto prazo, à nossa posição, que acabámos de deixar"

Esta não é a primeira vez que as duas partes retiram as tropas da linha de fogo, sob a vigilância da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa.

Desde que foi eleito, Volodymyr Zelensky tem tentado retomar as conversações com os militares pró-russos através do governo Moscovo.

De acordo com os números oficiais divulgados pela Organização das Nações Unidas cerca de 13 mil pessoas (civis e militares) já morreram no conflito que começou em 2014.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.