This content is not available in your region

Guterres critica falta de "vontade política" para combater alterações climáticas

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Guterres critica falta de "vontade política" para combater alterações climáticas
Direitos de autor  REUTERS

As Nações Unidas estão reunidas em Madrid para debater as alterações climáticas, mas, para o secretário-geral da ONU, no que diz respeito ao clima, as 196 nações mais a União Europeia estão a fazer muito pouco pelo futuro.

António Guterres criticou os líderes mundiais por falta de "vontade política para atribuir um preço ao carbono, para parar os subsídios aos combustíveis fósseis e a construção de centrais a carvão, a partir de 2020; falta vontade para passar da tributação dos rendimentos à tributação do carbono, para tributar a poluição em vez das pessoas".

Guterres deixou ainda o alerta: o aquecimento global está perto de atingir o "ponto de não retorno".

"Sejamos claros, até agora os nossos esforços para atingir estes objetivos foram profundamente inadequados. Os compromissos feitos em Paris vão continuar a levar a um aumento de temperatura acima dos três graus Celsius, mas muitos países nem sequer esses compromissos vão cumprir", afirmou o secretário-geral da ONU.

A 25.ª edição da conferência sobre as alterações climáticas das Nações Unidas começa esta segunda-feira e vai decorrer até 13 de dezembro.