Última hora

Turismo na Antártida: ameaça ou oportunidade?

Turistas na Antártida
Turistas na Antártida -
Direitos de autor
AFP
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa
AFP
O Roald Amundsen é o primeiro barco de cruzeiros híbridoAFP

Entre este ano e o próximo, são esperados 78 mil turistas na Antártida. Um aumento de 40 por cento

face à temporada anterior. Um turismo de luxo, onde tudo o que é agreste é superlativo - o sítio mais gelado, mais ventoso, mais seco. É também uma das regiões do mundo onde mais se sente o aquecimento global. A temperatura média subiu 3 graus nos últimos 50 anos.

AFP
Na viagem inagural, o paquete levou 430 turistas à AntártidaAFP

Sem população fixa, a Antártida era até há pouco tempo residência temporária de 100 a 4 mil cientistas por ano. Com o turismo surgem novos riscos, mas para a bióloga Allison Cusick as visitas representam "uma grande oportunidade" nomeadamente por permitir um envolvimento directo na ciência que estuda a região. Verena Meraldi, coordenadora de expedições científicar sublinha que os turistas recebem _in loco _ informação para "a problemática das mudanças climáticas e das alterações que estão a ocorrer."

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.