Bombeiros australianos enfrentam condições "catastróficas"

Bombeiros australianos enfrentam condições "catastróficas"
Direitos de autor Mick Tsikas/AAP Images via AP
De  Rodrigo Barbosa com AFP / EFE
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Forte vaga de calor alimenta chamas na Austrália, onde os incêndios fizeram três vítimas mortais nos últimos dias

PUBLICIDADE

Os bombeiros enfrentam condições "catastróficas" no combate aos enormes incêndios que lavram sem controlo à volta de Sydney, a maior cidade da Austrália.

Segundo o governador do Estado da Nova Gales du Sul, "qualquer fogo ativo pode rapidamente tornar-se bastante perigoso", face à importante vaga de calor, que favoriza a propagação das chamas. Nalguns pontos da região, são esperadas temperaturas de até 47 graus centígrados.

Alguns focos de incêndio encontram-se agora a cerca de 130 quilómetros de Sydney que, segundo a orientação dos ventos, vê passar regularmente nuvens de fumo há vários dias.

Os mais recentes incêndios fizeram pelo menos três vítimas mortais, entre as quais dois bombeiros, e várias dezenas de feridos.

No total, 10 pessoas perderam a vida e pelo menos três milhões de hectares arderam nos últimos meses, devido aos fogos que fustigaram vários pontos do país.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Austrália: milhares fogem para as praias

Incêndios florestais no Chile fazem pelo menos 112 mortos e 200 desaparecidos

Dezenas de mortos no Chile devido a incêndios florestais