Última hora
This content is not available in your region

Navio apreendido no leste da Líbia

euronews_icons_loading
Navio apreendido no leste da Líbia
Direitos de autor  ASSOCIATED PRESS
Tamanho do texto Aa Aa

Um navio com pavilhão de Granada e tripulação turca foi apreendido pelas forças que controlam o leste da Líbia.

A notícia foi veiculada pelos "media" locais citando uma fonte do Exército Nacional Líbio.

A embarcação foi apreendida ao largo da cidade líbia de Derna e ocorre numa altura de tensões por causa de um acordo marítimo entre Trípoli e Ancara.

Para o presidente turco, a ação tem como objetivo derrubar o Governo da Líbia.

"Estamos bem cientes da intensificação dos esforços para derrubar o legítimo Governo líbio. Recentemente, temos prestado apoio à administração legítima da Líbia. Se necessário, consideraremos todo o tipo de oportunidades em terra, mar e ar para aumentar o peso militar desses apoios", referiu Recep Tayyip Erdogan.

O acordo casou polémica no país. Para o deputado do Parlamento de Bengasi, Talal Al-Mihoub, é uma provocação aos países árabes da região.

"Isto visa prolongar o caos no país e ameaçar os países do Norte de África, para depois seguir na direção da costa sul da Europa, em frente à nossa costa, para aumentar o caos e o terrorismo nestes países".

O acordo entre Trípoli e Ancara levou a Grécia a expulsar o embaixador líbio. Este domingo, o ministro grego dos Negócios Estrangeiros, Nikos Dendias, visitou Bengasi, onde se reuniu com a administração de Kalif Hifter.