Última hora
This content is not available in your region

Donald Trump reforça equipa de defesa

euronews_icons_loading
Donald Trump reforça equipa de defesa
Direitos de autor  AP   -   Susan Walsh
Tamanho do texto Aa Aa

Donald Trump reforçou a equipa que vai defendê-lo no Senado no julgamento de destituição que começa na próxima terça-feira (21 de janeiro).

O presidente dos Estados Unidos da América terá a seu lado o constitucionalista Alan Dershowitz e o antigo procurador Kenneth Starr, que esteve no âmago do caso Lewinsky.

Alan Dershowitz é conhecido, nos Estados Unidos, como o "advogado das estrelas", tendo defendido personalidades como o antigo jogador de futebol americano O. J. Simpson, o antigo campeão mundial de pesos pesados de boxe, Mike Tyson, o realizador Roman Polansky, o financeiro Jeffrey Epstein, acusado de exploração sexual de menores, ou Harvey Weinstein, o produtor de Hollywood que está a ser julgado por agressão sexual e violação de mulheres.

O ex-procurador independente norte-americano Kenneth Starr junta-se, também, à equipa de defesa do presidente. Starr ficou conhecido em 1998, quando liderou as investigações sobre a relação extraconjugal de Bill Clinton e a estagiária Monica Lewinsky, que levaram ao afastamento do então presidente norte-americano.