EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Irão admite ter lançado dois mísseis contra avião ucraniano

Irão admite ter lançado dois mísseis contra avião ucraniano
Direitos de autor Copyright 2020 The Associated Press. All rights reservedEbrahim Noroozi
Direitos de autor Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
De  Euronews com AFP
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

As autoridades iranianas revelaram conclusões de um relatório preliminar, em que admitem que o Boeing da Ukranian International Airlines foi atingido por dois mísseis.

PUBLICIDADE

A Organização de Aviação Civil Iraniana revelou que o avião ucraniano que se despenhou em Teerão, a 8 de janeiro, foi atingido por dois mísseis. A conclusão é retirada de um relatório preliminar sobre o acidente com Boeing 737 da Ukraine International Airlines.

O relatório identifica também a proveniência russa dos mísseis, mas diz que o impacto no acidente ainda está a ser analisado. Em 2017, 29 TOR-M1 foram vendidos pela Rússia ao Irão por mais de 630 milhões de euros.

Esta segunda-feira, uma delegação de diplomatas iranianos pôs o presidente da Ucrânia a par da investigação.

O incidente com o avião ucraniano aconteceu horas depois de um ataque a duas bases americanas no Iraque, após os sistemas antimísseis iranianos terem sido ativados. A bordo iam 176 pessoas. Todas morreram no desastre.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Vítimas do voo PS752 recordadas em Kiev

Países das vítimas de avião abatido dizem que Irão tem de assumir responsabilidades

Irão nega encobrimento na queda de avião ucraniano