Última hora
This content is not available in your region

Coronavírus regista o menor aumento de casos na China em quase um mês

euronews_icons_loading
Coronavírus regista o menor aumento de casos na China em quase um mês
Direitos de autor  Euronews (video printscreen)
Tamanho do texto Aa Aa

A propagação do coronavírus pode estar a entrar numa fase de estagnação. Segundo o último balanço oficial, esta quinta-feira foi o dia em que se registou o menor aumento diário de novos casos na China em praticamente um mês.

Apenas foram contabilizados 394 novos focos de infeção em solo chinês, o que eleva a nível global o número de pacientes para mais de 75 mil.

Já o número de mortos pelo covid-19 ascende a pelo menos 2.129.

No entanto, a epidemia continua a gerar receio um pouco por todo o mundo.

A Suíça decidiu adiar uma cimeira internacional sobre saúde, que se iria realizar na próxima semana em Montreux e na qual estaria mesmo presente o diretor geral da Organização Mundial de Saúde, Tedros Ghebreyesus.

Em causa esteve a necessidade de diversos especialistas que estavam convidados para o evento terem de ficar nos respetivos países a gerir o surto do coronavírus.

Entretanto, para fazer face à agitação criada pelas primeiras duas mortes, o Irão criou um gabinete de crise para lidar com o novo vírus, num dia em que foram confirmados três novos casos.

Os três casos revelados esta quarta-feira são de cidadãos iranianos que vivem em Qom, a mesma cidade das duas vítimas já registadas.