EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Dois casos de Covid-19 confirmados em Portugal após contra-análises

Imagem de arquivo meramente ilustrativa do artigo
Imagem de arquivo meramente ilustrativa do artigo Direitos de autor AP Photo/Joan MateuJoan Mateu
Direitos de autor AP Photo/Joan Mateu
De  Francisco Marques
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Ambos os portadores do novo #coronavírus #Covid19 foram registados na cidade do Porto e já foram validados por contra-análises efetuadas pelo Instituto Ricardo Jorge

PUBLICIDADE

Ministra da Saúde confirmou a ocorrência de dois testes positivos por Covid-19 na cidade Porto e ambos já foram validados em contra-annálise pelo Instituto Ricardo Jorge, uma das entidades em Portugal responsáveis pelo despiste dos casos suspeitos.

Os pacientes foram registados em hospitais da Invicta. Um no Hospital de Santo António e outro no de São João.

O primeiro é um homem, médico de profissão, de 60 anos, que esteve recentemente de férias em Itália, começou por ter sintomas a 29 de fevereiro e está no Centro Hospitalar do Porto.

O segundo é também um homem com ligação à cidade de Valência, em Espanha. Tem 33 anos e encontra-se em isolamento no Hospital de São João após ter revelado sintomas a 26 de fevereiro.

Apelos à calma

A ministra Marta Temido salientou a importância de se evitarem alarmes desnecessários e o Presidente da República reforçou o apelo para se evitar alarmismos.

"Isto era um fenómeno expetável. Passaram seis semanas e estranho era que havendo em todos os países vizinhos, próximos, para onde iam e de onde vinham compatriotas nossos , que não houvesse nenhum caso em Portugal", disse Marcelo Rebelo de Sousa.

À margem de um evento em Lisboa, o chefe de Estado salientou como "vantagem" o facto de "estes dois casos confirmados" terem tido "origem fora do território prtuguês". "Felizmente um e outro deram conta da sua situação e limitaram os efeitos de um eventual contágio na medida do possível", acrescentou.

O Presidente mostrou-se ainda otimista perante a esperada evolução deste novo coronavírus em Portugal. "Este tipo de vírus, com a subida da temperatura e a transição para o tempo quente, tende a diminuir a sua virulência", concretizou.

Também à margem de um evento distinto, o primeiro-ministro António Costa considerou "inevitável" Portugal ter casos confirmados de infeção, sendo esta "uma epidemia à escala global".

O chefe de Governo desejou as melhoras aos dois pacientes, dirigiu às respetivas famílias afetadas por ambos os casos a preocupação do executivo, sublinhou também "a enorme confiança no Serviço Nacional de Saúde" no confronto com esta nova infeção e redobrou "o apelo" para se prevenir os contágios.

"Temos de estar consicientes do risco, mas também manter a calma e a serenidade. A principal recomendação que gostaria de fazer é que cada pessoa que tenha tido contacto com alguém contaminado, ou venha a saber que esteve em contacto, esteja particularmente atento aos sintomas e em caso de os notar que recorra à Linha Saúde24 (n.: 808 242424)", afirmou António Costa.

Até domingo à noite, estavam registados 85 casos suspeitos em Portugal, que vieram a revelar-se negativos. Estes dois casos positivos foram registados após o último balanço diário, esclareceu a Diretora-geral de Saúde Graça Freitas.

Papel do Instituto Ricardo Jorge

"O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, através do Laboratório Nacional de Referência para o Vírus da Gripe e outros Vírus Respiratórios (LNRVG) do seu Departamento de Doenças Infeciosas, garante nesta fase o diagnóstico laboratorial de todos os casos suspeitos de infeção pelo novo Coronavírus (2019-nCoV) sob investigação.

"A deteção laboratorial do 2019-nCoV é feita através da metodologia de amplificação dos ácidos nucleicos, pela reação de polimerase em cadeia (PCR) em tempo real."

Comunicado oficial do Instituto Ricardo Jorge

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Países europeus tomam mais medidas para combater o Covid-19

Princesa Leonor condecorada com a Grã-Cruz da Ordem de Cristo na visita a Portugal

Portugal reforça apoio militar à Ucrânia com mais 95 milhões de euros