Última hora
This content is not available in your region

Eurovisão, Glastonbury e digressão dos Stones: Tudo cancelado

euronews_icons_loading
Eurovisão, Glastonbury e digressão dos Stones: Tudo cancelado
Direitos de autor  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Os fãs do festival da Eurovisão vão ter de esperar um ano para agitar a bandeira do país que apoiam. A União Europeia de Radiodifusão, que organiza todos os anos o festival que movimenta tantas paixões como ódios, decidiu cancelar a edição deste ano, que deveria ter lugar em Roterdão, nos Países Baixos, em maio.

Explica Jon Ola Sand, supervisor executivo do festival: "A incerteza gerada pela disseminação da COVID-19 pela Europa, tal como as restrições postas em prática pelos governos dos países participantes e pelas autoridades holandesas levaram a Eurovisão a decidir que é impossível organizar o evento, como estava planeado".

Roterdão deve assim receber o festival em 2021.

Outro encontro anual de música, o festival de Glastonbury, em Inglaterra, vai ter de adiar a celebração dos 50 anos. O evento estava marcado para o final de junho, com nomes como Paul McCartney, Taylor Swift ou Gilberto Gil.

Os Rolling Stones anularam, entretanto, a digressão prevista para 15 cidades dos Estados Unidos e Canadá, entre maio e julho.