Áustria mobiliza militares na reserva para lutar contra coronavírus

Áustria mobiliza militares na reserva para lutar contra coronavírus
Direitos de autor Ronald Zak/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

É a primeira vez que o país toma a decisão desde a II Guerra Mundial

PUBLICIDADE

Pela primeira vez desde a Segunda Guerra Mundial, a Áustria decidiu mobilizar militares na reserva para ajudar nos esforços de combate à epidemia de coronavírus.

Todos os convocados são submetidos a testes de despistagem e serão mobilizados para proteger fronteiras, fazer controlos sanitários e garantir a segurança de embaixadas e instituições como a ONU.

As distâncias estão a ser respeitadas e à chegada cada soldado recebe uma máscara. Também existem controlos médicos e todos são testados ao coronavírus. [...] Vão fazer sobretudo controlos de segurança nos postos fronteiriços e controlos sanitários. E, em particular em Viena, vão proteger embaixadas e instituições internacionais.
Kurt Wagner
comandante da guarnição de Viena

Até agora foram registadas cerca de 15.500 infeções e perto de 600 mortes ligadas ao coronavírus na Áustria. Um estudo publicado esta segunda-feira revela que a taxa de contaminação baixou significativamente no último mês no país.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Pandemia mostra falhas na cooperação militar da UE

Suécia combate pandemia com bom senso

Inverno invulgarmente quente deixa parte da Áustria sem neve